Centro de Check-UP cardiovascular

CHECK UP e Exames cardiológicos em Curitiba - Cardiologia

Dra. Daniela Ribeiro Marques Nejm
CRM: 20985-PR - RQE 21616

(41) 3342-6000

(41) 99229-2299

Agende sua consulta!

Cardiologia Curitiba é parte integrante do conjunto de informações e serviços prestados pela ANGIOCOR Curitiba.
Dra. Daniela Nejm é chefe do Serviço de Cardiologia da Angiocor Curitiba e realiza o check up cardiológico: prevenção e tratamento dos males que acometem o correto funcionamento do coração, bem como os exames de diagnósticos.

Hipertensão arterial

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) conhecida popularmente como pressão alta é uma das doenças com maior prevalência no mundo moderno e é caracterizada pelo aumento da pressão arterial. É uma condição clínica multifatoral, tendo como causas a hereditariedade, a obesidade, o sedentarismo, o alcoolismo, o estresse, o fumo, dentre outras. A sua incidência aumenta com a idade, mas também pode ocorrer na juventude.

A (HAS) tem alta prevalência e baixas taxas de controle, é considerada um dos fatores de risco modificáveis e um dos mais importantes problemas de saúde pública. A mortalidade por doença cardiovascular aumenta progressivamente com a elevação da PA a partir de 115q75 mmHg de forma linear, contínua e independente.

Em 2001, cerca de 7,6 milões de mortes no mundo foram atribuídas à elevação da PA (54% por acidente vascular encefálico e 47% por doença coronariana).

Considera-se hipertenso os indivíduos que mantém uma pressão arterial acima de 140 por 90 mmHg (14x9), durante seguidos exames, de acordo com o protocolo médico. Ou seja, uma única medida de pressão não é suficiente para determinar a patologia. A situação 140 x90 mmHg inspira cuidados e atenção médica pelo risco cardiovascular.

Pressões arteriais elevadas provocam alterações nos vasos sanguíneos e na musculatura do coração. Pode ocorrer hipertrofia do ventrículo esquerdo, acidente vascular cerebral (AVC), infarto agudo do miocárdio, morte súbita, insuficiências renal e cardíaca, etc.

O tratamento pode ser apenas mudanças no estilo de vida ou associado a medicamentos, conforme a classificação da hipertensão e fatores de risco associados.

Fatores de risco

A hipertensão arterial pode ou não surgir em qualquer indivíduo, em qualquer época de sua vida, mas algumas situações aumentam o risco. Dentro dos grupos de pessoas que apresentam estas situações, um maior número de indivíduos será hipertenso. Estas situações são chamadas de fatores de risco para hipertensão.

São fatores de risco conhecidos para hipertensão:

Idade: Aumenta o risco com o aumento da idade;

Sexo: Até os cinquenta anos, mais homens que mulheres desenvolvem hipertensão. Após os cinquenta anos, mais mulheres que homens desenvolvem a doença;

Etnia: A HAS é duas vezes mais prevalentes em indivíduos de cor não branca. Mulheres afrodescendentes tem risco maior de hipertensão que mulheres caucasianas;

Nível socioeconômico: Classes de menor nível sócio-econômico tem maior chance de desenvolver hipertensão;

Consumo de sal: Quanto maior o consumo de sal, maior o risco da doença;

Consumo de álcool: O consumo elevado está associado a aumento de risco. O consumo moderado e leve tem efeito controverso, não homogêneo para todas as pessoas;

Obesidade: A presença de obesidade aumenta o risco de hipertensão;

Sedentarismo: O baixo nível de atividade física aumenta o risco da doença;

Genética: filhos de pais hipertensos tem maiores chances de ter HAS.

Diagnóstico

Exame de pressão arterial

O diagnóstico deverá ser realizado no consultório, sempre validado por medidas repetidas, em condições ideais, em, pelo menos, três ocasiões.

A medida da pressão arterial deve ser realizada apenas com aparelhos confiáveis, os quais sejam validados pelo INMETRO e\ou pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Para medi-la, o profissional utiliza um esfigmomanômetro e um estetoscópio. Em geral, medimos a pressão em milímetros de mercúrio (mmHg), sendo normal uma pressão arterial menor que 135\85mmHg.

Medidas de prevenção de hipertensão arterial

A prevenção é o processo de evitar o surgimento da HAS. Como a pressão arterial tende a aumentar com a idade com as alterações vasculares que acompanham o envelhecimento, pode-se questionar se a hipertensão arterial é prevenível. Existem medidas que podem postergar este aumento de pressão arterial e assim impedir ou retardar o surgimento da hipertensão arterial. Neste contexto, são medidas preventivas:

Alimentação saudável;

Consumo controlado de sódio. Máximo de 5g de sal por dia;

Consumo controlado de alcool, combate ao alcoolismo;

Combate ao sedentarismo;

Controle do peso;

Combate ao tabagismo.

Destaques

Campanha "Setembro Vermelho"

Celebrado todo dia 29 de setembro, o Dia Mundial do Coração, a campanha "Setembro Vermelho" informa a respeito de cardiopatias.

Campanha 'Setembro Vermelho'

Você sabia que cerca de 80% das doenças cardíacas podem ser evitadas? O mês de setembro foi escolhido para concentrar as campanhas de conscientização, prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares. A saúde de nosso coração está em evidência nesta época do ano, pois estamos no "Setembro Vermelho".

Como reconhecer um infarto

Os sintomas clássicos são aperto no peito espalhando para o braço esquerdo, suor em excesso e perda da consciência.

Reconhecimento de um infarto: Apenas 2% dos brasileiros sabem reconhecer um infarto.

É importante lembrar que quando se trata de doenças do coração, a falta de informação pode ser fatal. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, a cada 2 minutos morre uma pessoa devido a uma enfermidade cardiovascular, e não saber quando se trata de um infarto diminui a chance de sobrevivência.

A importância do check up cardiológico

Saiba por que ver seu médico regularmente e a realização do check up cardiológico é importante para a saúde de seu coração.

A importância do check up cardiológico

Com a doença cardíaca, causando vítimas em todo o país, devemos sempre ter uma imagem precisa de nossa saúde cardiovascular. O check-up é considerado uma das pontas da medicina preventiva. Manter a saúde em dia é indispensável, e o check up cardiológico, também é de extrema importância.

Razões para se realizar o check up médico!

A saúde é um componente chave para tudo o que fazemos, conheça as razões para a realização de um check up médico, mesmo se sentindo bem.

Razões para se realizar o check up médico!

Você se sente bem, não toma medicamentos regularmente, não fuma, e toma muito cuidado com a alimentação. A possibilidade é: você provavelmente não realizou um check up por um tempo, certo? No entanto, os médicos advertem com relação a este comportamento, em termos de saúde a longo prazo.

Importante:

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.

Responsável Técnico: Dra. Daniela Ribeiro Marques Nejm - CRM: 20985-PR - RQE 21616

Desenvolvido por: Paulo Henrique